- Cultura Amazonense, Destaque

Processos de Criação Cultural dentro das Mídias Sociais

Em entrevista com o digital influencer Marcus Pessoa, podemos observar alguns aspectos culturais que são divulgadas nas redes sociais e a aproximação do público com essa nova maneira de vê a cultura local dentro das mídias.

Fonte: Marcus Pessoa – Criador do Blog No Amazonas é assim. (acervo pessoal)

 

A Criação da página ‘NO AMAZONAS É ASSIM’

O no amazonas é assim surgiu em 27 de novembro de 2011, eu estava fazendo mestrado em Milão na Itália e através do estudo de uma matéria chamada comunicação que visava mostrar o que tinha na cidade, desde os filmes até os artistas, livros, músicas, fizemos uma pesquisa e achamos muita coisa sobre a cidade que de repente passava um pouco despercebido no dia-a-dia, conseguimos mostrar  o que tinha, e depois desse trabalho comecei a me questionar sobre Manaus, em relação a nós, o que temos? O que retrata Manaus? Quais são nossas artes? Qual nossa história? Como está organizado tudo isso?.

E foi daí que decidir criar a página no intuito de mostrar a cidade com aspectos que até então são desconhecidos de nós ou que sabemos, mas nem damos tanta importância assim. A página nasceu com um tom humorístico, mas com o tempo fomos incrementando com histórias sobre lugares de Manaus, pontos turísticos, dando um ‘q’ mais cultural a página que na época já estava com bastante seguidores.

Agora contamos também com um portal, produzimos em média sete a oito conteúdos por dia já com perspectiva de aumentarmos esse número. Sempre com um conteúdo que fale a nossa linguagem.

Traçamos linhas de posts, tipo, nada de foto com gente morta, mulher pelada, nada que possa deixar a página com um estilo sensacionalista. Agente visa manter a galera que já está conosco desde 2011 e trazer mais gente que curta esse estilo de poste. Nosso conteúdo e estilo de produzir tem influenciado o surgimento de outras páginas o que é bem legal. Tivemos uma evolução da página com os conteúdos o que demonstra que amadurecemos.

 

Vocês já foram procurados por políticos, produziram algum produto político pago?

Em função da página ter crescido bastante isto despertou o interesse da maioria deles, sobretudo em época de Campanha. Em 2014 e 2016 participamos de campanha, mas em 2017 não participamos porque enxergamos que é muito cômodo chegar naquele período e te trazer uma quantia que ajudaria a gente, já que não tentemos patrocínio grande. Só que não tinha uns pós, ou seja, acabou a campanha acabou o contrato, não teve Continuidade. Por conta de ser algo temporário acabamos não entrando mais nessa. Então no período da Campanha das eleições suplementares, enquanto estavam falando dos candidatos e tudo mais ligado a eles, nós ficamos focando na divulgação de municípios, pontos turísticos e outros posts de rotina sem tocar No assunto das eleições suplementares a fim de manter nossa linha de trabalho.  O que nós mantemos é um Serviço para a prefeitura de Tefé em períodos específicos com trabalhos que visam a divulgação da cidade, Somente! Mas abrimos espaço para os candidatos e já até fizemos live com alguns políticos como o chico Preto para falar de assuntos de interesse público tudo sem vínculo político, apenas de cunho social. Minhas escolhas, pensamentos e até posicionamentos políticos são à parte da página, coisas que só manifesto nas minhas páginas particulares.

Como funciona o processo de criação, escolha e elaboração do conteúdo até o poste final?

Nós trabalhamos com conteúdos sugeridos pelos nossos leitores, e com conteúdos que pesquisamos ou que estão em foco na cidade.  Tem pessoas que enviam pautas inbox, nós analisamos e então publicamos.  As publicações seguem diretrizes com o nosso padrão, se não tiverem os critérios não entram. Queremos sempre ofertar algo de qualidade para a população.

A página divulga bastante coisa da cidade como sabemos e de alguns municípios como foi mencionado, porém existem mais divulgações voltadas para outro municípios visando a abrangência deles ou não?

Existem municípios onde temos bastante curtidas como por exemplo, Parintins, Itacoatiara, Manacapuru, Humaitá, tabatinga, maués, Iranduba, Tefé, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, são Gabriel da cachoeira, Boca do acre, Coari, Benjamin Constant, e Autazes. A partir disto vamos em busca de divulgar a cidade, Expor os itens das festas, origens dela, população, particularidades, pra valorizar o que cada um tem de melhor, inclusive teve até uma matéria que fizemos sobre a lenda que diz ter a cabeça de uma cobra embaixo da igreja de Itacoatiara, lenda que está presente em outro munícipios no mesmo formato, daí fizemos a matéria, as ilustrações e divulgamos, teve bastante curtidas, comentários e compartilhamentos, então uma moça da França nos procurou pedindo autorização pra utilizar essa matéria como um artigo com as ilustrações e tudo que tem direito, então fizemos um documento com ela, aprovamos e daí ela fez o artigo dela e nos citou, foi bem legal, isso mostra que estamos no caminho certo. Tivemos os créditos devidos, foi bacana!

Já desenvolvemos passeios ciclísticos por determinados pontos da cidade, atividades positivas em municípios também. Nós publicamos o que é bom e bonito, mas quando necessário publicamos o que merece atenção que de repente não está sendo tão bacana assim. Mas tudo com transparência e ética. Conseguimos até linkar com outras páginas como por exemplo o ‘não salvo’ que abriu uma aba lá chamado amazona que é pra quando tiver qualquer coisa particular daqui eles repostarem lá, apesar de não termos estreitado ainda nossa relação de trabalho eles já estão bem interessados com as coisas daqui, eles recebem o material, fazem uma releitura deles e então publica

Como funciona a relação web publicidade de vocês com as empresas que querem anunciar algo nas páginas de vocês?

Nós temos uma mídia kit que apresentamos pro cliente com todas as informações e opções de serviços que ele Pode estar contratando, nele constam valores, alcances, benefícios, riscos e tudo mais que envolve essa área. A página é bem ativa e isso faz a diferença na hora de ofertar nosso produto, porque existem páginas que tem Tipo, um milhão de seguidores, e cinquenta curtidas, nós estamos na casa dos quatrocentos e pouco e cada Vez mais crescendo, temos muitas curtidas, comentários, e tudo isso pesa positivamente. Nós somos hoje  em um número de cem portais e páginas com grande acessos na região, O sexto maior  em acessos, sendo  que dos cinco primeiros somos o único que não é patrocinado, ou que não é Uma página de jornal tipo o a crítica, diário do amazonas e por aí vai. Porque são ferramentas de cunho mais Jornalístico e político. Não é apenas uma questão de influência digital como está na moda dizer, é pelo fato de possuirmos Credibilidade no que fazemos. Hoje contamos com dois patrocinadores fixos e divulgamos os produtos deles Através de promoções, web banners, e etc. Também gerenciamos o perfil de outra loja, o que nos ajuda a custear a página, mas sem possuirmos Contratos com grandes empresas ainda.

 

Quais os planos para o futuro da página?

Estamos reestruturando o local físico da página, para fazermos lives, vídeos para o youtube, entrevistas, aumentar nossa equipe, buscar investimento junto a mais parceiros comerciais, pretendemos trazer Pessoas pra entrevistarmos. Recebemos sugestões de entrevistas com pessoas desde Thiago de mello até a Patixa teló. E tudo isso entra em pauta, a galera é bem eclética. Pretendemos fazer torneios e premiar os curti Dores. Queremos também bolar talk shows.

O que você considera necessário para quem quer trabalhar com web cultura hoje em dia?

A pessoa deve gostar do tema, entender do assunto e buscar sempre saber mais, estar atento aos critérios que devem existir numa página, buscar fechar parcerias bacanas, estar atento ao que estar acontecendo no

Mundo.

 

Como é o retorno do público e qual a importância cultural de abordar assuntos da região?

É bacana ver que o público gosta e se identifica com as questões da região, seja com assuntos históricos ou até Humorísticos, é uma forma de dar valor a nossa cultura, ao que é nosso e às vezes no dia-a-dia não damos tanta atenção. As vezes até por não conhecer bem sobre algum lugar da nossa cidade.  Afinal, não estudamos assuntos de Manaus na escola, quando estudamos é pouca coisa apenas o basicão. Então nossa missão é essa, divulgar a Cidade, o estado, seus municípios, com suas histórias, particularidades, curiosidades riquezas naturais, população, e fazer o cidadão amazonense ser turista da sua própria cidade, de modo que ele a conheça o suficiente para reconhecer o seu valor com uma perspectiva apurada e ampla.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *